ROSAS PARA TODAS

R$50,00

"(...) É preciso primeiro notar que as rosas são para todas, e não todos, como um vislumbre da caligrafia de Pedro poderia fazer pensar. Ele gosta, desde cedo, das meninas, que ocupam um grande espaço em seus desenhos e em seu livro: a prima, as amigas, a terapeuta, a dentista. A série começa, como podemos supor, por Dulce, essa mãe doce que ele acompanha, desde menino, em suas atividades, extraindo, do seu trabalho em um abrigo para mulheres, essa caneta-rosa do rei Pedro, que inaugura sua escrita: Dulce havia confeccionado um cesto cheio delas para dar como lembrança no aniversário do abrigo, e Pedro trouxe sua lembrança para casa, fazendo dela sua caneta especial. O rei, originalmente, era aquele que compôs a música que Pedro escutava, desde pequeno, sua mãe cantar: “como é grande, o meu amor, por você”..."