A CARA DA MAE

Conheça nossas opções de frete

Este livro de contos revisita os temas preferidos da autora, mas aprofunda sua técnica narrativa - encenar a trama à medida que as histórias vão sendo narradas pelos personagens. As narrativas do livro oscilam entre episódios cotidianos (a garotinha prepara-se para uma apresentação ao piano; a irmã mais velha cuida da caçula enquanto a mãe está fora; a babá conta à criança o drama de não poder ter filhos; marido e mulher em crise trocam acusações e impropérios) e extraordinários (durante o almoço de Páscoa, cada membro da família imagina epitáfios para si; a menina faz sala para o amante da mãe; Pedrinho visita o pai, um matador foragido). Sob a aparente banalidade, o leitor percebe que algo de mais profundo e enigmático está sendo dito. O mistério a ser decifrado é aquele mesmo de nosso dia-a-dia atribulado e reincidente. E a oralidade radical que perpassa as narrativas é um procedimento ficcional que investiga e reinventa a fala brasileira contemporânea, refletindo nossos mais persistentes traços sociais.