A NOVELA NO INÍCIO DO RENASCIMENTO - Itália e França

Esgotado

Privilegiando sobretudo o Decameron de Giovanni Boccaccio, Auerbach explica o momento em que as narrativas medievais, vinculadas à Bíblia e ao sagrado, dão lugar a uma nova forma de literatura, presente até hoje, mostrando o homem entranhado nos acontecimentos, prazeres e dores do mundo terreno.