MISÉRIA DA FILOSOFIA

R$39,00

Em outubro de 1846, Proudhon publicou o que considerava ser a sua obra mais importante: Sistema das contradições econômicas ou Filosofia da miséria. Em junho de 1847, Marx ofereceu ao leitor francês sua primeira obra em que se qualificava como "economista". Não se trata apenas da crítica às concepções teóricas e às propostas políticas de Proudhon, esta obra fornece "uma visão de conjunto das origens, do desenvolvimento, das contradições e da queda futura do regime capitalista" (Ernest Mendel). Este confronto teórico e político constitui um significativo capítulo da história das ideias socialistas e suas implicações têm consequências até os dias atuais. A edição que a Boitempo publicará traz uma apresentação de José Paulo Netto, que também assina a tradução da obra.