REFLEXÕES SOBRE PRÁTICAS ESCOLARES DE PRODUÇÃO DE TEXTO - O sujeito-autor

Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Livraria e Editora Scriptum Rua Fernandes Tourinho, 99, Belo Horizonte (MG) - Atendimento de Segunda à Sexta das 9:00 às 20:00 e aos Sábados das 9:00 às 15:00
    Grátis

Os autores deste livro refletem sobre o processo de apropriação de habilidades textuais-discursivas pelo aprendiz no Ensino Fundamental, especialmente nos primeiros anos de escolarização, vendo o aluno como sujeito que elabora seu conhecimento de diferentes gêneros de textos escritos a partir da interação com esses textos. O reconhecimento da diversidade de experiências culturais dos alunos e da singularidade de suas trajetórias de aprendizagem é tônica comum aos artigos desta coletânea, que buscam compreender as representações e hipóteses sobre texto escrito que os aprendizes (re)elaboram, as particularidades e convergências de seus percursos, marcados por uma subjetividade socialmente constituída, como postulam Bakhtin e Vygotsky. A concepção de linguagem como atividade discursiva, trabalho e objeto do trabalho de sujeitos concretos é outro pressuposto compartilhado por estes estudos. Embora não tenham a pretensão de esgotar o tema, os artigos se intercruzam, se complementam; nos encaminham a reflexões ao mesmo tempo polifônicas e singulares, cujo eixo central é a construção do discurso escrito pelo aprendiz, no contexto escolar.