REMINISCÊNCIAS DO SOL QUADRADO

R$56,00

Mario Lago se utiliza de senso de humor e ironia para recuperar alguns aspectos menos conhecidos da estranha convivência entre ideologia e cotidiano no Brasil. Conta episódios da sua vida na prisão desde 1964, ano no qual fora detido, a convivência com os carcereiros e os demais detentos. Graças a seu fino poder de observação, o autor faz uma análise politicamente comprometida - mas não esquemática - da ideologia existente na época da ditadura.