TEXTUALIDADE LLANSOL

R$59,00

Autor: Elisa Arreguy Maia
Editora: Scriptum
Ano: 2012
Assunto: Literatura e Psicanálise
Edição: 1ª

ISBN-13: 9788589044547 
Encadernação: BROCHURA
Altura: 21,00 cm
Largura: 14,00 cm
Peso: 0,380 kg
Nº de Páginas: 304

Sinopse:

Esta obra vai se tecendo a partir das sutis relações entre a literatura e a psicanálise. Para isso, mais uma vez, um psicanalista dirige-se ao espaço literário para beber na fonte nova do texto de um escritor. Aliás, uma escritora, e sui generis. Elisa Arreguy Maia mergulha na obra da portuguesa Maria Gabriela Llansol (1931-2008). Nesse mergulho, o ensaio encontra ocasião de se deter na questão da letra e na função da escrita, nas relações entre estética e ética, na noção psicanalítica de 'discurso', e ainda, na operação de suplência ao Nome-do-pai e na questão do 'sinthoma', tão caras à clínica da psicanálise. A história busca mostrar que a letra está presente na obra de Freud; o aparelho psíquico que ele descreve é forjado por marcas, traços e letras. Lacan, em um tempo já bem avançado de seu ensino (meados da década de 1970), vai reler a psicanálise à luz de uma teoria da letra que ele foi levado a escrever. É assim que este livro lê Llansol com Freud e Lacan.