VOLÚPIA E SENSIBILIDADE

R$48,00

Ler amorosamente as obras, com finura, com inteligência, com conhecimento. Fazer filtrarem-se novas réstias que alertam o olhar. Esta foi a tarefa que Jardel Dia Cavalcanti se deu e que resultou neste livro. Avesso aos grandes esquemas, ele deixa-se fascinar pelas grandes obras e pelos grandes artistas. Aproxima-se, delicado, cuidadoso, amoroso. Nascem então os comentários. 
Eles como que tomam o leitor pela mão, levando-o a descobrir, a conhecer e a amar. As criações tratadas aqui, em sua maioria, são muito célebres. Constituem uma seqüência de faróis, para empregar a expressão de Baudelaire. Discretamente, os comentários situam, esclarecem e renovam, pelos enfoques, esses monumentos. Contêm frases que ficam na memória: “As mulheres pintadas por Delacroix tinham cabelos selvagens e costas arqueadas”. “Os corpos dos personagens são uma saliência saída da argila, um terreno geológico com acidentes, dobras e cavidades. ”Para quem, conhece as obras, são textos preciosos, e exemplares para quem as descobre.
O livro não se limita ao passado. Envereda pela produção contemporânea, com a mesma delicadeza modesta, com o mesmo poder heurístico. Kiefer, Pierre e Gilles, e artistas brasileiros, Egas Francisco, Frabricius Nery, Gerald Thomas –como desenhista–, são visitados e revelados. Que feliz percurso nos traçaram Volúpia e sensibilidade. 

Jardel Dias Cavalcanti nasceu em dom Silvério (MG) em 1966. Formou-se em História na UFOP (MG). Fez mestrado em História da Arte na UNICAMP (SP), sob orientação de Jorge Coli. Na mesma universidade doutorou-se em História da Cultura, sob orientação de Ítalo Tronca. Fez pós-doutorado em História Social na UFRJ (RJ), sob orientação de Carlos Fico. É Autor do livro Os Anarquistas e a questão da moral (1997) e Com a morte na alma: a carta testamento de Van Gogh (1980). Tem artigos sobre arte e literatura publicados no Suplemento Literário de Minas Gerais e é colunista do sitewww.digestivocultural.com. É professor de História da Arte, Crítica de Arte e Arte Afro-Brasileira na UEL (PR).